sábado, 31 de dezembro de 2016

Balanço 2016

Vamos lá arrumar este 2016 pouco produtivo...
Comecei a correr com alguma regularidade a partir de 2003.
Tenho registos de treinos a partir de meados de 2007.
Superei a distância de 10k, a partir de 2011, quando ultrapassei pela primeira vez os 1.000km anuais.
Analisando este ano, constato o seguinte:
Distância
Desde 2011, segunda menor distância percorrida (1646k), claramente abaixo dos 2.000k projectados - melhores anos foram 2014 (kms) e 2013 (horas de exercício).
Para o fraco resultado, muito contribuíram os meses de Fevereiro (28k), Março (15k), Junho (79k) e Novembro (98k) - todos eles abaixo dos 100k.
Os melhores meses foram Agosto (262k - quando pensava ir à Maratona do Porto), Janeiro (213k) e Setembro (211), para se ter uma ideia da irregularidade de treinos.

Provas
43 provas para um total de 447,74km (c. 27% do total de km percorridos entre treinos e provas).
Trail - apenas 1 (Trail dos Palácios).
Meias-maratonas - apenas 3 e só uma (Moita/Ribeirinha), abaixo da 1:50.
20K - 3 provas, com resultados fracos. Nenhuma abaixo de 1:45.
15K - 2 provas, igualmente fracas. Acima de 1:20.
10K - 18 provas, das quais 10 abaixo dos 50' e destas, 5 obtidas no mês de Dezembro!
Abaixo de 10K - 14 provas
5K - 2 provas, com resultados medíocres - acima dos 24'
3K - 3 provas, todas elas no minuto 13. No entanto, fiz o melhor tempo alguma vez obtido numa prova desta distância: 13'03 nas Noites Quentes do Restelo, em Outubro, e com uma prova de 10K abaixo dos 50' nesse mesmo dia (Corrida do Pirilampo Mágico)

Resumindo, conjunto bastante fraco de resultados, para o número habitualmente exagerado de provas.
Apenas um recorde pessoal batido (3K) e alguns recordes de prova igualmente batidos, mas muito aquém do que tinha previsto para este ano.
Em 2017, o objectivo será melhorar estes registos, mas para tal preciso de uma mudança radical de comportamentos (consistência de treinos, redução do número de provas, fazer treino cruzado e não apenas corrida...).
Fica o vídeo da app Strava, que complementa o gráfico acima da Veloviewer.

Sem comentários:

Enviar um comentário